• Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

 

Faça o que é certo... PDF Imprimir E-mail

Durante a temporada de 2002, Paul tinha o que chamava de “um time que só se vê uma vez na vida inteira”. Já tinham o recorde de dez partidas invictas, e estavam a caminho de conquistar o primeiro campeonato estadual juvenil.

Paul estava vivendo um sonho de todo treinador. Foi então que, certa noite, dezesseis de seus jogadores, todos menores de idade, foram presos por uso de bebida alcoólica durante uma festa. Neste grupo estava o próprio filho de Paul. O treinador já havia alertado os atletas de que, caso fossem envolvidos em algum tipo de encrenca relacionada com álcool, cigarro ou drogas, ele os suspenderia do time. Havia uma decisão a ser tomada.

Paul suspendeu os jogadores. “Pode-se resumir a questão a uma palavra: responsabilidade”, explicou. “Vocês quebraram as regras.” Ele disse ao filho, enquanto o tirava da cadeia: “Você cometeu um grande erro, é tudo o que eu posso dizer. Não vou deixar de amá-lo jamais, mas você precisa aprender alguma coisa com o que aconteceu”.

No dia do grande jogo, vestiram o uniforme e sentaram no banco só para incentivar os colegas que estavam no campo.  E os reservas ganharam o jogo para o treinador ético? Seguiram em frente com o sonho de se sagrar campeões estaduais? Nada disso! O time perdeu de 63 a 0. Mas Paul não se arrepende nem um pouco de sua decisão. Anos antes, ele recebera varias ligações de pessoas comunicando que algum amigo ou conhecido havia morrido por dirigir alcoolizado.

Fazer o que é certo vale mais do que o aplauso da multidão...

Compartilhe no Facebook

Palestrante Palestras Vendas Motivação Motivacional Liderança Mudança Motivacionais

 

Facebook

 
 

Frase

Uma longa viagem começa com um único passo."

Lao Tsé


Shopping




Você dá atenção aos seus pais...

Rodrigo, 34 anos, depois de muito tempo sem visitar o velho pai, resolveu passear com ele. Foram Rodrigo, 34 anos, depois de muito tempo sem visitar o velho pai, resolveu passear com ele. Foram para um parque da cidade, sentaram-se num banco da praça. De repente, um movimento nas árvores e o pai de Rodrigo, seu Orlando perguntou: 

Leia mais...