Lições de um empreendedor...

Se você ler a biografia de Carlos Wizard Martins, verá que desde criança era notório o seu tino comercial. Quando menino vendeu sorvetes, roupas e depois verduras. Essa sede por crescer e aprender lhe rendeu algumas lições valiosas: 

Ser Comerciante: quando seu pai abriu uma mercearia na garagem de casa, entregou para Carlos administrar, porque percebeu que ele tinha uma veia empreendedora. Dos 13 aos 16 anos foi para trás do balcão. Enquanto os amigos ficavam jogando bola, ele estava aprendendo a atender clientes, oferecer produto, negociar, controlar estoque, realizar cobranças, receber o dinheiro e prestar conta ao seu chefe.

Espírito Aventureiro: foi pela primeira vez de carona e mochila nas costas acampar no rio Papagaios, depois foi para Foz, Paraguai, Argentina, Santos, Rio de Janeiro. Depois decidiu ir estudar nos Estados Unidos. Isso mostrou que tinha um instinto natural para explorar o novo, a não ter medo do desconhecido.

Controle Emocional: quando ganhou sua bicicleta vermelha, teve que administrar as piadas e ouvir calado que bicicleta vermelha era coisa de mulher. Ele aprendeu cedo a administrar as reações diante de cada situação ruim e também, como dominar os impactos negativos que as críticas fazem conosco.

0
0
0
s2sdefault