II Parte: Você sabe escolher um parceiro para seus negócios?

     

Então, fique atento a alguns fatores de risco quando estiver escolhendo um parceiro:

Integridade: qualquer pessoa que trai seu cônjuge, que emite uma nota fiscal de almoço com o valor maior, só para ganhar uns trocadinhos a mais da empresa, que mente na declaração de imposto de renda é tão desonesta quanto quem rouba uma bol­sa ou um carro. As únicas diferenças são o alvo e o grau da desonestidade. Um homem desonesto com os outros cedo ou tarde será desonesto com você ou com seus clientes. Todo mundo já mentiu ou enganou mais de uma vez na vida. Porém a maioria se arrepende, procura reparar o erro e não repeti-lo. Temos que tomar cuidado com o tipo de pessoa que sempre busca justificativa e inventa desculpas para a própria desonestidade.

 

Raiva: é claro que todo mundo às vezes perde a cabeça. Porém temos que tomar cuidado com pessoas cujo caráter è impregnado pela raiva. Em momento de fúria deixa de lado a razão, a responsabilidade pessoal e os valores morais. Cedo ou tarde, a raiva que sente causará ruína tanto dela quanto de seus parceiros. Procure ser amigável com pessoas assim, mas evite qualquer tipo de relacionamento mais profundo.

 

Regras: você talvez conheça alguém que pensa ou age como se estives­se acima da lei ou que acha que normas e regras servem para os outros e não para ele. Elas são capa­zes de arranjar desculpas e justificar tudo o que fazem. Geral­mente exibem grandes conquistas. Muitas vezes seus currículos e façanhas nos impressionam a ponto de ignorarmos ou perdoar­mos esse traço de sua personalidade. Por mais bem-sucedida que ela seja não entre em nenhum relacionamento ou sociedade com esse ti­po de pessoa.

0
0
0
s2smodern