Inovação Estratégica...

Antigamente, apresentar um novo produto ao cliente demorava cerca de dois anos. Agora, do conceito à entrega, bastam apenas três meses. As empresas aprenderam que começar de novo custa caro e por isso, o cliente começou a ser ouvido do início até o final do processo, e como resultado, a satisfação aumentou 75% em média.

Para solucionar seus problemas, algumas empresas aprenderam a não ficarem presas a uma única ideia, mas criaram por regra, apresentarem cinco ou mais alternativas e com isso, as chances de fracasso caíram pela metade. 

A inovação estratégica depende de uma mudança cultural que envolve várias áreas. Veja o exemplo do Uber, no qual sua ideia saiu fora da caixa, quebrou todo um sistema milenar de transporte de pessoas, foi além da lei. Só deu certo, porque era uma startup e 100% das pessoas trabalharam para criar o novo modelo de negócio. O que não acontece nas empresas tradicionais, em que 99% dos colaboradores trabalham para manter o que já tem. É importante lembrar que, se não houver inovação, em pouco tempo não terá mais o negócio.

0
0
0
s2sdefault