Quem quero me tornar...

Reserve um tempo para escrever todos os limites que você conhece em sua vida. Comece concentrando-se nas características interiores, que podem incluir qualidades de caráter, habilidades de liderança e capacidade de relacionamento. Então, prossiga para os limites exteriores, os quais podem estar relacionados com circunstâncias, idade e assim por diante.

Leia mais
0
0
0
s2smodern
Hospital com serviço de hotel...

Alguns hospitais do exterior e até mesmo aqui do Brasil, já oferecem serviços semelhantes ao de hotéis com Wi-Fi gratuito, concierge, TV a cabo e refeições elaboradas por chefes de cozinha, para melhorar o gosto e a aparência da dieta e que podem ser servidas 24 horas por dia.

Leia mais
0
0
0
s2smodern
Tem um robô atendendo meus clientes!

Minha filha estava postando mensagens para uma cantora mirim e disse: mãe ela me respondeu, ela me respondeu! Calma filha, não é ela é um “chatbot”. Chatoque? “Chatbot”, é um programa de computador que tenta simular um ser humano na conversa com as pessoas. O objetivo é responder as perguntas de tal forma, que as pessoas tenham a impressão de estarem conversando com outra pessoa e não com um programa de computador.

Leia mais
0
0
0
s2smodern
Resgatando o foco...

A internet é parte integrante da vida das pessoas hoje em dia, mas causa inúmeras distrações a cada minuto e com isso criou-se uma geração sem foco, com sérias dificuldades de concentração. Para alguns especialistas, a atenção é como um músculo que pode ser treinado. Por isso, hoje já existem academias do cérebro para desenvolver as habilidades como foco, atenção, memória e a criatividade.

Leia mais
0
0
0
s2smodern
Para que serve o Empreendedorismo Corporativo?

A mudança de todo um setor ou de um segmento está a um clique. A incerteza que existe hoje é muito maior do que aquela vivida com a revolução industrial. O mundo está passando por uma revolução digital profunda, mudando a maneira como produzimos e consumimos as coisas. 

Leia mais
0
0
0
s2smodern
Escolha pela competência...

Pendurar a plaquinha na presidência somente por ter o mesmo sobrenome do fundador e não por competência, é a forma mais rápida de uma empresa chegar à falência. Gostei de uma entrevista do fundador da Amil, Edson Bueno, quando falou sobre preparar seu sucessor. Ele ressaltou que não necessariamente seria um de seus filhos.

Leia mais
0
0
0
s2smodern
O poder do silêncio

O ganhador do Prêmio Nobel de literatura francesa foi convidado por Einstein para ir até sua casa, em Princeton, pois tinha uma pergunta a lhe fazer. Quando chegou Einstein disse: Como trabalha um poeta? Como lhe vem a ideia de um poema? Como é desenvolvida uma ideia?

Leia mais
0
0
0
s2smodern
Bagunça criativa...

Um estudo recente descobriu que dois terços das pessoas se sentem culpadas ou envergonhadas por serem desorganizadas. Apesar da pressão comercial, cultural e religiosa há um grupo crescente de pessoas que simplesmente não conseguem ser organizadas.

Leia mais
0
0
0
s2smodern
Inovação disruptiva...

Parece que o tsunami tecnológico acontecerá em quase todos os segmentos de mercado. Mais cedo ou mais tarde, algum tipo de inovação vai provocar a disrupção no segmento ou setor em que você atua. Um novo produto ou serviço desestabilizará os concorrentes que antes eram líderes.

Leia mais
0
0
0
s2smodern
Inovação Estratégica...

Antigamente, apresentar um novo produto ao cliente demorava cerca de dois anos. Agora, do conceito à entrega, bastam apenas três meses. As empresas aprenderam que começar de novo custa caro e por isso, o cliente começou a ser ouvido do início até o final do processo, e como resultado, a satisfação aumentou 75% em média.

Leia mais
0
0
0
s2smodern
I Parte: Porque é importante conhecer o cliente
I Parte: Porque é importante conhecer o cliente
II Parte: Por que é importante conhecer o cliente?

Pepsi começa com o fato de que elas se basearam naquele que a indústria chamou de teste do golinho. As pessoas não bebem toda a lata. Elas to­mam um pequeno gole de um copo de cada uma das marcas testadas e fazem sua escolha. Agora, suponha que eu lhe peça para testar um refrigerante de modo um pouco diferente. Por exem­plo: você levaria para casa uma caixa da bebida e me diria o que acha daqui a algumas semanas? Isso mudaria a sua opinião?

Leia mais
0
0
0
s2smodern